Oncologia Translacional

Sobre a plataforma

O cenário complexo do câncer está associado com a segunda principal causa de morte em todo o mundo, tendo sido responsável por cerca de 9,6 milhões de mortes em 2018. Globalmente, cerca de uma em cada 6 mortes deve-se ao câncer. Esta plataforma foi criada com o objetivo de gerar novas tecnologias e estratégias para o prognóstico, o diagnóstico e a terapia personalizada do câncer a partir das informações obtidas na pesquisa básica sobre tumores. A expectativa é explorar novas abordagens para o desenvolvimento da medicina personalizada, baseada nas alterações genômicas de cada indivíduo que causam o desenvolvimento e a progressão da doença, e, assim, transformar a prática da oncologia clínica. Esta plataforma visa identificar biomarcadores e candidatos a alvos terapêuticos por meio da genômica, proteômica e bioinformática; aplicar a perspectiva da biologia de sistemas para a caracterização de alterações moleculares nos tumores; traduzir as descobertas moleculares em produtos ou serviços para aplicação na prática clínica; traduzir o sequenciamento genético de nova geração para sua utilização clínica na medicina personalizada.

Projetos e produtos

  • Desenvolvimento e caracterização de nanopartículas de segunda geração lipossomais e poliméricas carreadoras de RNA de interferência para o tratamento de tumores. Projeto em desenvolvimento com a Dra. Ana Paula Dinis, de Bio-Manguinhos.
  • Caracterização de novos antígenos para tratamento do câncer de mama utilizando vacinas terapêuticas. Projeto em desenvolvimento com a Dra. Patrícia Neves, de Bio-Manguinhos.
  • Desenvolvimento de exame para o câncer de mama no qual o resultado indica o fármaco mais adequado para cada paciente, entre aqueles aprovados pelas agências regulatórias. Projeto em desenvolvimento com a Plataforma de Modelagem de Sistemas Biológicos do CDTS.
  • Caracterização de aptâmeros tumor-específicos para o diagnóstico e terapêutica dos tumores. Projeto em desenvolvimento com a Dra. Mariana Waghabi, do IOC.
  • Identificação de alvos moleculares para o tratamento de carcinomas primários de fígado. Projeto em desenvolvimento com a Dra. Clarissa Gurgel, do Instituto Gonçalo Moniz (Fiocruz-Bahia).

ATIVIDADES

As atividades da plataforma estão centradas em quatro temáticas principais:

Validação de novos alvos: Projetos focados na validação de alvos terapêuticos com base no entendimento biológico das anormalidades intrínsecas moleculares do câncer, das vias de sinalização que atuam na invasão e metástase, da interação das células tumorais com o microambiente e do mecanismo de resistência para as terapias padrão, por meio de avaliação pré-clínica.

Design e implementação de investigação clínica: Projetos focados no design e implementação de ensaios clínicos de alta prioridade com o objetivo de aumentar a sobrevida e a qualidade de vida dos pacientes oncológicos. Nesse contexto, está incluído o desenvolvimento de terapias que tenham como alvo anormalidades intrínsecas moleculares e o microambiente tumoral, bem como imunoterapias, em conjunto com o design de estudos para entender o benefício clínico dessas abordagens e identificar os pacientes com resposta a elas, os mecanismos de estabelecimento de resistência terapêutica e alternativas de transpor essa resistência. 

Nanomedicina: Foco no desenvolvimento de uma plataforma de nanomedicina personalizada com amplo espectro de atuação, como o diagnóstico molecular e por imagem, o prognóstico e a terapêutica oncológica.

Estudos econômicos: Avaliação do impacto econômico da medicina personalizada no cenário da saúde pública.

A partir dessas grandes áreas de atuação, a expectativa é que a plataforma possa desenvolvernovos testes clínicos de diagnóstico e prognóstico dos pacientes de câncer, além de estabelecer um serviço de teranóstico do câncer (para identificar alvos para a terapêutica oncológica) e comercializar sistemas de ‘drug delivery’ (entrega de fármacos a alvos específicos no corpo), de modo a reduzir os efeitos colaterais das terapias e aumentar sua eficácia. 

Assim, esta plataforma atenderá a demandas internas do CDTS, Fiocruz e instituições externas, tanto nacionais e internacionais.  

Equipe

  • Tatiana
    Tilli
    Tatiana
    Tilli
    Bióloga, com mestrado e doutorado em Oncologia pelo Inca. Atualmente coordena a equipe do Laboratório de Oncologia Translacional do CDTS/ Fiocruz em projetos de pesquisa translacional, utilizando bioinformática, biologia celular e molecular e nanomedicina como ferramentas para resolver problemas clínicos oncológicos. 
  • Julia
    Mendonça
    Julia
    Mendonça
    Aluna de mestrado do Programa de Biologia Celular e Molecular, IOC.
  • Luiza
    Costa
    Luiza
    Costa
    Aluna de iniciação científica do Programa Pibic - Fiocruz.
  • Natassia
    Araujo
    Natassia
    Araujo
    Aluna de doutorado do Programa de Biologia Celular e Molecular, IOC.